Artrite Reumatóide

Saiba o que é, quais os sintomas e como tratar.

O que é?

A artrite reumatóide é uma doença autoimune que consiste numa inflamação crônica, denominada sinovite, que pode afetar várias articulações. Ocorre inchaço, rigidez e dores nas juntas, e atinge duas vezes mais mulheres do que homens. Normalmente, tem início entre 30 e 40 anos.

Sintomas

O principal sintoma da doença é a presença de dor seguido pela presença inchaço e calor em qualquer articulação, especialmente nas mãos e punhos. A rigidez matinal é um outro sintoma comum da doença. A presença da inflamação crônica pode levar à destruição da cartilagem e deformidade da articulação acometida. Em alguns casos, pode acabar comprometendo a coluna cervical e órgãos como pele, rins, coração, pulmão, olhos e sistema nervoso.

Diagnóstico

O diagnóstico precoce e o início rápido do tratamento são fundamentais para controlar a doença, evitar o desgaste da articulação e o retorno ao estilo de vida normal do paciente o mais rapidamente possível. Para estabelecer esse diagnóstico é necessário a presença de alguns sintomas, alterações do exame físico, exames laboratoriais e de imagem, que após uma pontuação estabelecida o paciente receberá o diagnóstico da doença.

Os exames laboratoriais geralmente são solicitados e devem ser avaliados pelo médico especialista.  Exames de sangue podem identificar se há anticorpos, como o fator reumatóide e o anti-CCP, além da verificação da velocidade de Hemossedimentação (VHS) e proteína C reativa que indicam inflamação. Porém, a presença dos anticorpos não é fundamental para o diagnóstico da doença.

Alguns exames de imagem como a radiografia, a ressonância magnética e o ultrassom são importantes para conferir o estado das articulações, como a inflamação, o aparecimento de erosões, a destruição da mesma e outras deformidades.

O ultrassom é um exame que pode ser realizado no consultório por um médico com treinamento e sem irradiação. É muito útil para confirmar a presença de inflamação na articulação após o exame físico ou se já existe algum desgaste na cartilagem ou nos ossos, de acordo com o tempo da doença. Dessa forma, é um valioso instrumento para o acompanhamento da artrite reumatóide.

Tratamento

O tratamento vai depender do estágio da doença e sua gravidade, e é sempre individualizado e modificado conforme a resposta de cada paciente. Inclui anti-inflamatórios, como os corticóides para dor e inflamação. Para controlar o processo inflamatório e evitar a destruição da articulação é necessário o uso de drogas que modificam o curso da doença, que agem no sistema imunológico. Essas drogas podem ser sintéticas ou biológicas, que se ligam de forma especifica em estruturas celulares que atuam no processo inflamatório, neutralizando-as.

Também fazem parte do manejo terapêutico as infiltrações intra-articulares com corticosteróides, que tem evidência na redução da dor e inflamação.

A fisioterapia e a terapia ocupacional, com a realização de órteses e palmilha, fazem parte desse tratamento. Isso permite que o paciente continue a exercer suas atividades rotineiras, garante o fortalecimento da musculatura e evita o excesso de movimentos. Exercícios aeróbicos, alongamento e relaxamento devem ser estimulados de acordo com a tolerância de cada paciente.

Sobre a Ultrarticular

A Ultrarticular tem um ambiente diferenciado e confortável para que o paciente receba um atendimento personalizado e humanizado. Aliando conhecimento e tecnologia como ultrassom de alta resolução os pacientes da Ultrarticular tem a garantia do melhor diagnóstico, acompanhamento e tratamento de suas doenças reumatológicas.

Assuntos relacionados

Siga nas Redes Sociais

Blog