Osteoporose

Saiba o que é, quais os sintomas e como tratar.

O que é?

A osteoporose é uma doença causada pela perda acelerada de massa óssea, que diminui a absorção de minerais e cálcio e aumenta o risco de fraturas. Na maioria dos casos está associada ao envelhecimento ou menopausa e é mais comum em mulheres idosas.

Sintomas

Trata-se de uma doença silenciosa que progride lentamente. É preciso ter acompanhamento médico regular, com a realização de exames sanguíneos e de massa óssea; caso contrário, só é percebida quando ocorre a primeira fratura junto a dores agudas.

São fatores de risco para o desenvolvimento da osteoporose:

  • Mulheres após a menopausa;
  • Homens acima de 65 anos;
  • Fumantes;
  • Pessoas que consomem álcool e café em excesso;
  • Diabéticos;
  • Sedentários;
  • Pacientes com doenças cardíacas;
  • Com doenças endócrinas (como tireoide ou paratireoide);
  • Desordens nutricionais (fragilidade em cálcio, vitamina D, proteínas, magnésio e fósforo);
  • Histórico familiar de osteoporose e osteopenia;
  • Peso abaixo do ideal.

Diagnóstico

Como a doença não apresenta sintomas em seu estado precoce, torna-se difícil fazer um diagnóstico clínico. Normalmente, a osteoporose é identificada após a primeira fratura com radiografias e densitometria óssea, exame que mede a densidade mineral da coluna lombar e do fêmur. O resultado se divide em três classificações, normal, osteopenia e osteoporose, e é fornecido por meio de comparação com a densidade óssea de pessoas jovens.

Tratamento

Não existe cura para osteoporose, mas o tratamento ajuda a controlar,retardar ou interromper a perda óssea e prevenir novas fraturas. Entre as medidas que podem ser indicadas pelo médico, estão:

  • Dieta com alimentos ricos em cálcio e reposição de vitamina D;
  • Bifosfonatos ou ácido zoledrônico: medicamentos mais utilizados para tratamento e prevenção da doença. Devem ser tomados em jejum com água e o paciente não pode se deitar por, pelo menos, uma hora; existe grave risco de refluxo e esofagite;
  • Reposição hormonal: é importante tanto na prevenção quanto no tratamento, pois o estrogênio reduz o risco de fraturas em mulheres;
  • Atividade física orientada por um profissional é parte importante no tratamento e controle da osteoporose.

Sobre a Ultrarticular

A Ultrarticular tem um ambiente diferenciado e confortável para que o paciente receba um atendimento personalizado e humanizado. Aliando conhecimento e tecnologia como ultrassom de alta resolução os pacientes da Ultrarticular tem a garantia do melhor diagnóstico, acompanhamento e tratamento de suas doenças reumatológicas.

Assuntos relacionados

Siga nas Redes Sociais

Blog