A importância do ultrassom no diagnóstico e acompanhamento de artrite

A importância do ultrassom no diagnóstico e acompanhamento de artrite

Por ser uma doença que oscila entre períodos de atividade e remissão, a artrite reumatoide pode não ser reconhecida de início. Seus sintomas comuns, como dor e inchaço, podem ser confundidos com outras patologias, como a artrose.

Assim, o ultrassom se tornou um importante aliado no diagnóstico da artrite e acompanhamento da doença no paciente.

Existem algumas vantagens do ultrassom em relação a outros exames de imagem: não há exposição à radiação, tem capacidade de formar imagens em diferentes planos, preço acessível, rápida execução e possibilidade de ser repetido várias vezes.

O ultrassom identifica a inflamação articular que não é detectada pelo exame clínico, principalmente em articulações menores, como das mãos, que são as mais afetadas pela doença. Além disso, também é eficiente na avaliação de erosão óssea e dano da cartilagem articular.

O exame ultrassonográfico, aliado ao exame físico, também é capaz de monitorar a artrite reumatoide para que o tratamento seja mais eficiente. Ele permite guiar a aplicação de medicamentos nas infiltrações articulares, oferece uma melhor visualização e posicionamento das agulhas no local.

Suas múltiplas possibilidades tornaram o ultrassom um exame essencial, não só para a artrite reumatoide, mas para outras doenças reumatológicas. Quer saber mais sobre o assunto? Entre em contato com a Ultrarticular e agende sua consulta.