Síndrome do túnel de carpo

Síndrome do túnel de carpo

Entenda melhor essa doença comum, porém, com suas causas um pouco indefinidas

A Síndrome do Túnel do Carpo é uma neuropatia periférica que acontece devido a compressão do nervo mediano ao passar no canal localizado no punho chamado de túnel do carpo. É uma doença comum em mulheres na faixa etária dos 30 aos 60 anos e pode ser bilateral em 50% dos casos.

As causas diretas dessa patologia ainda são conflitantes, porém, vários estudos têm avaliado se existe uma associação entre o uso do computador e a síndrome do túnel do carpo. Apesar de ainda não haver evidências consistentes de que o uso excessivo do computador possa causar a doença, essa prática provoca dores na região das mãos e dos punhos.

Além disso, existem também causas traumáticas como fraturas e quedas, processos inflamatórios como a artrite reumatoide, alterações hormonais provocadas pela gravidez ou a menopausa, diabetes mellitus e medicamentosas, e tumores.

Sintomas

Os principais sintomas apresentados por pacientes que sofrem com essa doença são:

  • Dormência ou formigamento do polegar e dos dois dedos seguintes e das mãos;
  • Dormência da palma da mão;
  • Dor das mãos até o cotovelo;
  • Dor no punho
  • Problemas com movimentos de coordenação dos dedos;
  • Desgaste do músculo sob o polegar.
  • Dificuldade para carregar objetos;
  • Fraqueza nas mãos.

Diagnóstico

Caso perceba esses sintomas, é necessário procurar um médico especialista que fará uma série de perguntas sobre o histórico do paciente e realizará exames físicos. Caso ainda não for possível determinar o diagnóstico, o médico poderá pedir exames como eletromiografia, velocidade de condução do nervo e raio X.

Tratamento

O tratamento para essa síndrome acontece de acordo com a gravidade da doença. Se estiver em um estágio inicial, é indicada a colocação de uma órtese para imobilizar o pulso e fazer o uso de anti-inflamatório, sessões de fisioterapia e infiltrações com corticosteroides que podem ser guiadas por ultrassom. Caso esses procedimentos clínicos não forem suficientes, é indicada a cirurgia.

Caso perceba alguns dos sintomas apresentados acima, entre em contato com a Ultrarticular e agende a sua consulta.

Sem Comentários

Faça um Comentário