Dedo em gatilho

Dedo em gatilho

A tenossinovite estenosante, também conhecida popularmente como dedo em gatilho, é uma inflamação do tendão responsável por dobrar o dedo, fazendo com que o dedo afetado fique sempre flexionado, mesmo quando se tenta abri-lo, causando uma dor intensa na mão.

Contudo, essa inflamação crônica do tendão também pode provocar o crescimento de um nódulo na base do dedo, deixando-o parecido com um gatilho, durante o movimento de fechamento e abertura do dedo.

Sintomas

Normalmente, quem possui essa patologia pode apresentar sintomas como dores na base dos dedos ou na palma da mão, inchaço e endurecimento do dedo e, ao dobrá-lo e tentar esticar, ele produz um estalido doloroso parecido com um gatilho.

As manifestações clínicas são mais intensas durante a manhã, devido à inatividade e aumento do inchaço que acontece, na maioria das vezes, durante a noite. O polegar, o dedo médio e o anelar são os dedos mais afetados, porém, a inflamação pode acontecer em qualquer dedo, e esses casos são mais comuns em mulheres de meia-idade.

Tratamento

Quando se trata de estágios mais leves da doença, o tratamento é feito com anti-inflamatórios orais. Caso não houver sinais de melhorias, a infiltração com corticóides na zona ao redor do tendão e sua bainha pode ser uma opção de tratamento do dedo em gatilho. Este procedimento é feito para aliviar os sintomas, principalmente a dor. A cirurgia é recomendada quando nenhuma possibilidade conseguir tratar esse problema.

Caso perceba alguma alteração na região das mãos, entre em contato com a Ultrarticular e agende a sua consulta.

Sem Comentários

Faça um Comentário