O impacto do frio em pacientes reumáticos

O impacto do frio em pacientes reumáticos

Saiba como as baixas temperaturas podem afetar as articulações

Essa época do ano é marcada pelo início da queda nas temperaturas e isso pode ser um problema para pacientes que sofrem com dores nas articulações (artrite inflamatória e osteoartrite).

Em temperaturas mais baixas, pode causar a expansão das articulações, resultando em dores e algumas pessoas tendem a se encolher, causando uma constrição da circulação sanguínea, ou seja, os vasos ficam mais estreitos.  Isso causa contraturas nos tecidos, tendões e músculos, com a função de armazenar o máximo de calor no organismo, o que pode causar problemas para as articulações.

Em casos onde já existe uma lesão, o paciente pode sentir uma piora da dor e apresentar dificuldade para se movimentar, além de rigidez nas juntas. Os sintomas são mais intensos nas articulações dos pés e das mãos, onde a temperatura corporal é menor, principalmente, se houver alguma insuficiência circulatória afetando artérias e veias.

Como aliviar a dor?

Para reduzir a sensação de dor mais intensa em baixas temperaturas, é recomendado se proteger contra o frio com agasalhos apropriados, tomar banhos de água morna e usar bolsas térmicas nas áreas doloridas.  Isso faz com que haja a descontração dos músculos, tendões e ligamentos por meio do calor, aliviando a pressão sobre as articulações e favorecendo a circulação sanguínea.

Além disso, indica-se também a pratica de atividades físicas orientadas e de baixo impacto, como caminhadas, pois, elas não só promovem aquecimento, como também ajudam a manter a lubrificação das articulações, reforçando os músculos que servem como sustentação para elas. Outro fator importante são os exercícios de alongamento, dessa forma é possível manter o tônus, a flexibilidade e a amplitude dos movimentos.

Outro fator importante, é manter a sua carteira de vacinação em dia, pois pacientes com artrite reumatoide (AR), artrite psoriásica, espondilite anquilosante e outras formas auto-imunes de artrite correm um risco ainda maior de infecções, como a gripe e a pneumonia devido a sua baixa imunidade.

Além disso, em épocas mais frias pode ser difícil obter vitamina D suficiente no inverno, devido à pouca exposição à luz do sol.

Caso haja a persistência das dores por vários dias ou semanas durante esta época do ano, pode ser sinal de alerta para outro problema. Nessa situação é necessário buscar a avaliação de um médico reumatologista para analisar e indicar o tratamento correto.

Entre em contato com a Ultrarticular e agende a sua consulta.

 

Sem Comentários

Faça um Comentário